Endomarketing: Cases de sucesso com uma estratégia eficiente

BLOG

Novidades

Endomarketing: Cases de sucesso com uma estratégia eficiente

Você já ouviu falar em endomarketing? Em termos gerais, trata-se de uma estratégia voltada para atrair o engajamento dos funcionários da empresa: suas ações consistem em planejar e executar campanhas como se fossem para conquistar clientes, mas com foco na equipe interna.

O objetivo do endomarketing é aumentar a satisfação dos profissionais que trabalharem ali e, consequentemente, gerar um aumento na qualidade de suas entregas. Afinal, uma equipe feliz produz mais e melhor.

O contrário também é válido: um negócio que não investe em seus funcionários terá muitos problemas com motivação, performance e alta rotatividade. Todos esses casos geram custos, além de causar um impacto bastante prejudicial nos seus produtos e serviços.

Veja alguns pontos que podem ser melhorados na sua empresa com o endomarketing:

Diminuição do turnover

Toda empresa preocupada com o próprio sucesso sabe que é essencial contar com baixa rotatividade entre os seus funcionários. Um dos benefícios do endomarketing consiste em aumentar a satisfação de quem trabalha lá, diminuindo o turnover e motivando a equipe a melhorar cada vez mais.

Melhoria na comunicação interna

Para funcionar corretamente, uma empresa deve contar sempre com canais de comunicação eficazes. Um dos benefícios do endomarketing é otimizar esse setor, proporcionando meios para que funcionários e gestores troquem informações e estejam sempre alinhados em relação a temas importantes para o trabalho. Um dos pontos que deve-se analisar neste item, é a importância de se entender a fundo os perfis que compõem o público interno da empresa. Somente a partir deste estudo é possível definir os canais que serão mais efetivos.

Alinhamento de objetivos

Nenhuma empresa consegue ter sucesso se a diretoria tem um objetivo e os colaboradores outro, certo? Nesse ponto, é válido contar com um dos benefícios do endomarketing, que é alinhar o foco das partes envolvidas. Ao terem acesso a metas corporativas, com canais de comunicação eficientes, os profissionais poderão trabalhar de maneira mais focada para gerar os resultados esperados. Além disso, manter todos na mesma página, alinhados aos objetivos e metas da companhia pode otimizar processos mantendo a equipe coesa, diminuindo ruídos e consequentemente impactando na produtividade.

Competitividade

Podemos afirmar que endomarketing é uma ferramenta estratégica para as empresas, pois uma vez que se trabalha os canais de comunicação corretamente, sincroniza o público interno com os objetivos, integra os colaboradores neste panorama, despertando o sentimento de pertencimento e estímulo ao crescimento, você adequa a empresa ao mercado, tornando-a competitiva a partir de um maior envolvimento de seus clientes internos e transparência das informações.

Veja alguns cases de endomarketing:

Wise Up

Por meio do seu programa Hunting Winners, a rede de escolas de idiomas Wise Up incentiva seus profissionais a buscarem novos alunos e premiam aqueles que conseguem gerar mais matrículas. É uma maneira de transformar o processo de captação em um jogo, com plena visibilidade para os vencedores em um evento de escala nacional.

Portobello

A fabricante de revestimentos brasileira desenvolveu uma campanha de endomarketing voltada para engajar tanto novos funcionários como antigos. Por meio de histórias em quadrinhos, a Portobello detalha o processo de evolução do profissional de diversas áreas da companhia. Existe também um jogo de tabuleiro que ensina as regras da empresa.

Best Buy

A Best Buy percebeu o seu turnover aumentando cada vez mais, chegando a 60%. Para remediar a situação, a empresa americana implementou uma campanha de endomarketing, que consistia em criar uma rede social somente para funcionários, em que eles poderiam trocar dicas e experiências sobre o trabalho. O projeto fez com que a rotatividade caísse para 12%.

Conhecendo os benefícios do endomarketing e alguns cases de sucesso para se inspirar, você já tem nas mãos todas as ferramentas necessárias para implementar um plano robusto para a sua empresa. Leve em consideração os seus objetivos e as suas necessidades para contar com uma campanha capaz de gerar bons resultados e não se esqueça de avaliar os retornos para se certificar de que está no caminho certo.

Fiat

A fabricante de veículos Fiat considera os funcionários seus primeiros clientes, por isso, eles são os primeiros a fazer os testes-drive dos lançamentos da marca. A atenção se estende também às famílias com a realização de bodas de casamento e festas de debutantes.

A empresa conta ainda com uma plataforma virtual para a comunicação interna com informações sobre vagas e promoções, além de contato direto com o presidente da companhia.

Golden Cross

Para incentivar seus corretores na venda de planos de saúde, a Golden Cross desenvolveu um plano de recompensas para aqueles que obtivessem os melhores desempenhos nas principais filiais do país. Isso porque, ao se sentirem motivados, eles trabalhariam com mais dedicação. O impacto positivo disso ficou claro nos resultados.

Entre os prêmios oferecidos estavam eletrodomésticos e valores de R$ 40 mil a R$ 70 mil para serem utilizados na compra ou na reforma da casa própria.

Toyota

Cada novo colaborador da Toyota passa por cinco meses de treinamento para aprender sobre a produção dos carros, as dificuldades e as necessidades dos clientes nas concessionárias e, principalmente, o significado da cultura Toyota.

Depois disso, ele já é considerado apto a apresentar novas ideias para melhorias no dia a dia da empresa. Assim, a equipe se sente mais útil, aumentando o seu empenho. Capacitações e palestras motivacionais também fazem parte da rotina dos funcionários.

Citibank

Que tal estimular o orgulho dos colaboradores por fazerem parte da sua equipe? Isso foi feito pelo Citibank na campanha de endomarketing intitulada “Sou mais Citi”. Por 10 dias, eles foram fotografados com a mão no peito, mas sem saberem o motivo disso. Em seguida, o slogan foi aplicado nas imagens.

Usadas nos materiais de comunicação interna, as fotos surpreenderam os funcionários. O sucesso foi tão grande que a ação prevista apenas para o Brasil foi exportada para Colômbia, Honduras, Equador e Peru e ganhou o prêmio global Citi Marketing Award 2009.

Best Buy

Para diminuir a rotatividade dos colaboradores jovens, a empresa norte-americana de eletrônicos Best Buy investiu em pesquisas internas para entender quais eram os seus anseios. E, a partir dos insights gerados, criou uma rede social interna, a Blue Shirt Nation.

Nela, era possível trocar informações, experiências e dicas de forma direta. O resultado foi que a taxa de turnover caiu de 60% para 12% e o orgulho de trabalhar na empresa aumentou.

Se desejar se aprofundar ainda mais no assunto, indicamos a leitura deste outro material: Endomarketing na prática! Benefícios e resultados de uma boa estratégia de marketing interno. Aqui damos alguma dicas para você aplicar a estratégia na prática!

Gostou das nossas dicas e quer continuar acompanhando outros conteúdo exclusivos? Siga os nossos perfis nas redes sociais para sempre ficar por dentro de todas as novidades: estamos no Facebook, e Linkedin

Comentários

comentários